Terça-feira, 22 de Maio de 2012

O génio....

 

 

 

 

 

 

Cartoon de CampusCartoons: http://campus-cartoons.blogspot.pt/2011/08/fernando-pessoa-e-escrita.html

publicado por Cristina Mouta às 14:47
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Novembro de 2011

Logotipo para os Direitos Humanos

 

 

"Vemos símbolos para tanta coisa. Todos conhecemos os símbolos da Paz e do Amor; e se símbolos são uma forma de comunicar aquilo a que damos grande valor, então já é tempo que haja um para os Direitos Humanos."

Excerto da alocução de Ann Curry na cerimónia do reconhecimento oficial do Logotipo dos Direitos Humanos pela Human Rights Logo Initiative - trad. livre

 

 

E o vencedor é... 

 

 

 

É bem verdade que a comunicação entre pessoas/povos é grandemente facilitada pela utilização de símbolos universalmente reconhecidos, ou reconhecíveis e isso é verdade quer para coisas agradáveis quer para o seu oposto. Também não causa estranheza que a divulgação massiça de certos símbolos contribui para a divulgação das ideias que lhe são subjacentes.

 

Esta foi uma das razões chave que levaram à criação da Iniciativa para o Logo dos Direitos Humanos. O seu objectivo era que se criasse um

 

logotipo para os DH "pelas pessoas, para as pessoas". Assim, organizaram um concurso aberto aberto  a todos para a submissão de desenhos (com discussão pública), sendo que, após uma selecção preliminar, caberia aos cidadãos deste planeta azul, através da Internet, votar naquele que considerassem melhor representar a ideia dos DH.

 

Escusado será dizer que tudo isto não foi isento de polémicas, especialmente no seio da comunidade de concorrentes...

 

No entanto, lá se votou e se encontrou o vencedor do concurso.

O logo é considerado um produto Open Source e pode ser utilizado livremente para a promoção e proteção dos Direitos Humanos. A sua utilização comercial está sujeita à obrigação de não comprometer direitos de terceiros.

 

Para  informações e downloads vá ao site http://www.humanrightslogo.net/ 

 

Veja também este vídeo sobre a Iniciativa HRL http://www.youtube.com/watch?v=xmelFhTPy48
publicado por Cristina Mouta às 12:45
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 11 de Junho de 2011

20 anos de prisão: a maior sentença de sempre a um blogger no Irão

 

 

 

Espero que todos quantos neste país leiam este post se lembrem que podermos dizer que não estamos de acordo com situações destas sem irmos parar à cadeia por 20 anos é um bem demasiado precioso para que nos possamos dar ao luxo (e à idiotia) de continuarmos a vê-lo em perigo e não nos esforçarmos nada por lhe dar a mão.

 

 

"Sakhi Rigi is a blogger who was sentenced to 20 years prison in Zahedan, in Sistan and Baluchistan province, on charges of publishing false infomation and "acts against national security." This is the longest sentence ever passed on a blogger in Iran. (...) Torture was used to extract a confession.

(...)

On June 8, 2011, the family of Iranian blogger Hossein Derakhshan said the court had rejected their appeal and confirmed a 19 and a half year jail sentence [fa]. He was arrested in 2008. (...)"

 

 

 

etc, etc, etc...

 

Para ler o artigo completo, o que recomendo vivamente, têm aqui o link.

 

 

 

http://globalvoicesonline.org/2011/06/09/iran-record-breaking-20-year-jail-sentence-for-blogger/

publicado por Cristina Mouta às 13:54
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 17 de Maio de 2011

De bolha em bolha: Os novos "porteiros" da informação

 

 

Esta é uma comunicação muito interessante de Eli Parisier sobre QUE INFORMAÇÃO nos chega efectivamente quando navegamos na Internet.

 

Faz-nos reflectir sobre o real significado dde auto-estradas da informação: são vias rápidas para chegar a todo o lado, ou vias construídas para nos levar a sítios bem definidos, deixando de fora tantos lugares que nos interessariam tanto?

 

Dada a relevância (lá está...) e actualidade (pois...) do tema é provável que volte a ele noutra altura... especialmente se receber comentários!

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Cristina Mouta às 12:11
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 3 de Abril de 2011

Lá se foi mais um dia do Livro Infantil

 

 

Com as alusões costumeiras lá se foi mais um dia do Livro Infantil.

Passou ao lado de quase toda a gente que aproveitaria com ele, como de costume. Sim, porque quem deu conta e lhe deu importância foi quem já sabia, quem já dá ao livro infantil o seu devido lugar na formação humana, E O USA.

 

Confesso que me vou sentindo cada vez mais cansada da "mesmice" deste conjunto de pessoas que NUNCA deveriam contentar-se com serem iguais a si próprios - tão iguais que já se confundem uns com os outros.

 

Eu, pela minha parte, e sabendo que, se me estão a ler, eu corro o risco de ser ainda mais pintada por cima a lápis azul (qual grande borrão de céu... apesar de tudo é lindo!), já não aguento semelhante ostra!! E ainda por cima não abre!

 

Mas deixemos esta linha de comentários para outro post (desafio os leitores a comentarem!).

Vou deixar-vos com a minha sugestão. Uma sugestão de leitura infantil que precisa de alguma ajuda dos mais velhos, com informação muito interessante para o presente e o futuro de todos.

 

É um e-livro infantil criado seguindo os estudos de Masaru Emoto.

 

http://www.geocities.jp/emotoproject/english/picturebook/portugues/cover.html

 

E-livro infantil Mensagens na Agua

 

Boas leituras!!

 

 

A imagem é a capa da versão em português do e-livro Mensagem das águas.

publicado por Cristina Mouta às 13:19
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Fevereiro de 2011

O inesperado encontro de um autor com a sua escrita

 

 

Neil Gayman, autor que faz parte do meu Top +, há uns dias teve um encontro inesperado com a sua obra nas ruas de Sidney.

Eis o resultado, que não resisti a postar aqui, contado pelo próprio...


http://journal.neilgaiman.com/2011/01/feeling-oddly-ghostly.html

 

 

Feeling Odly Ghotly

publicado por Cristina Mouta às 11:50
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 23 de Janeiro de 2011

A reacção de quem quer ler a quem lho cobra...

 

 

 

Vou aqui copiar um post de Daniel Bregua, argentino, que se revolta e urge à acção de todos para que e acabem com taxas e condições absurdas para usar os documentos existentes na BIBLIOTECA MUNICIPAL Y POPULAR "GRAL. JOSÉ DE SAN MARTÍN".


Um dos vários argumentos que traz à discussão é o facto de que a populações estão cada vez mais sobrecarregadas económicamente, uma grande percentagem está desempregada, não tendo, portanto, como poder pagar.


Outro argumento é que ao mesmo tempo que existem grandes preocupações de melhorar os grau de escolaridade das populações adultas, com políticas como a adoptadas estariam a afastar os jovens da sua única forma de poder manter graus minimamente aceitáveis de literacia e cidadania.

 

Este é um texto muito interessante que tenho pena de não ter mais leitores por via deste meu bloguezinho.

Se for um destes, por favor comente, divulgue no seu blog ou dicuta-o no seu círculo de amigos.

 

Parecendo que não, é muito parecida esta situação com uma outra que nos toca de perto...

 

Cá vai o texto:

 


EN MIRAMAR, PARA LEER TENÉS QUE HACER UN PLAN DE PAGOS....

por Bregua Daniel Anibal a Sábado, 22 de Janeiro de 2011 às 20:54

ASÍ ES. EN NUESTRA CIUDAD, EN LA BIBLIOTECA MUNICIPAL Y POPULAR "GRAL. JOSÉ DE SAN MARTÍN" SI NO PUEDES PAGAR UNA CUOTA MENSUAL DE CINCO (5) PESOS O TE ATRASAS CON LAS MISMAS, TE  OBLIGAN A DARTE DE BAJA ¡Y POR SEIS MESES, NO PUEDES VOLVER A ASOCIARTE! Y TE PROHÍBEN RETIRAR LIBROS. SALVO QUE OPTES POR "UN PLAN DE PAGOS" PARA "NORMALIZAR LA SITUACIÓN".


MUCHOS DIRÁN: "HEY DANIEL SON CINCO PESOS". ES CIERTO PERO EN NUESTRO MUNICIPIO, EL 80 % DE LA GENTE ESTÁ DESEMPLEADA Y VIVE DE LA ASISTENCIA SOCIAL. DURANTE EL INVIERNO QUE ES DURÍSIMO, LA GENTE LITERALMENTE NO TIENE PARA COMER Y COMO EN TODA CIUDAD BALNEARIA, ES ALTO EL ÍNDICE DE DEPRESIÓN Y DE SUICIDIOS.


LA ÚNICA FUENTE DE EMPLEO ES LA DOCENCIA Y EL MUNICIPIO. SAQUEN UDS. LA CUENTA: SOBRE 40.000 HABITANTES, 1.800 SON EMPLEADOS MUNICIPALES, ¡EN UN LUGAR DONDE NO HAY FUENTE GENUINA DE EMPLEO Y POR ENDE, CASI NADIE PUEDE PAGAR TASAS E IMPUESTOS MUNICIPALES! ES DECIR QUE SIN RECURSOS,  ( O CON RECURSOS DE LA NACIÓN) EL MUNICIPIO EMPLEA A CASI EL 4,5 % DE LA POBLACION. UNA TASA DE EMPLEADO PÚBLICO POR HABITANTE ELEVADÍSIMA.


Y MIENTRAS LA DIRIGENCIA POLÍTICA NOS AGOBIA CON PALABRAS TIPO: "POLÍTICAS DE INCLUSIÓN", "JUSTICIA SOCIAL", "IGUALDAD DE OPORTUNIDADES", ETC. LEER EN MIRAMAR ESTA GRAVADO COMO SI FUERA UNA TASA OBLIGATORIA, EN UN HECHO ABSURDO Y VIOLATORIO DEL DERECHO INALIENABLE AL ACCESO A LA CULTURA Y LA EDUCACIÓN.


PASO A CONTARLES: EN DICHA BIBLIOTECA FUNCIONA(O FUNCIONABA) LA ASOCIACIÓN AMIGOS DE LA BIBLIOTECA MUNICIPAL Y POPULAR GRAL. JOSÉ DE SAN MARTÍN. HACE MUCHOS AÑOS CUANDO NO HABÍA AYUDA ESTATAL PARA SOSTENERLA, UN GRUPO DE VECINOS SE AGLUTINO EN UNA CAMPAÑA DENOMINADA "MIL AMIGOS PARA LA BIBLIOTECA" ASÍ, APORTANDO UNA PEQUEÑA CUOTA MENSUAL, LA SOSTUVIMOS HASTA QUE A FINES DE LOS 90' SE CONSTITUYÓ A NIVEL NACIONAL LA CO.NA.BIP. (COMISIÓN NACIONAL DE BIBLIOTECAS POPULARES) LA CUAL PESE A SUS ALTIBAJOS FUE EFECTIVA OTORGANDO SUBSIDIOS Y LIBROS A TODAS LAS BIBLIOTECAS DEL PAÍS. (LAS BIBLIOTECAS QUE CONFORMAN MI GRUPO DE CONTACTOS PODRAN APORTAR MÁS AL RESPECTO) LA ASOCIACIÓN AMIGOS SIGUIÓ A LOS EFECTOS DE CUMPLIR CON LA LEY INSCRIBIÉNDOSE COMO ENTIDAD DE BIEN PÚBLICO, OBTENIENDO LA PERSONERÍA JURÍDICA Y DEMÁS, A LOS EFECTOS DE PODER RECIBIR DICHAS DONACIONES Y OPERAR UNA CUENTA BANCARIA AD-HOC. Y SIGUIÓ CON LAS CUOTAS SOCIETARIAS A MODO DE COLABORACIÓN PARA ALIVIAR AL MUNICIPIO DE LOS GASTOS CORRIENTES. (LIBRERÍA, PAPELERÍA, ELEMENTOS DE LIMPIEZA, ETC) PESE A QUE EN REALIDAD, YA NO ES NECESARIO PUES LOS SUBSIDIOS SI BIEN LLEGAN TARDE Y EN FORMA DESPAREJA, SON SUFICIENTES PARA CUBRIR TODO, YA QUE LOS SUELDOS Y DEMÁS GASTOS SE ENCUENTRAN A CARGO  DEL MUNICIPO.

AHORA BIEN: INSOLITAMENTE, DESDE HACE UN AÑO ARRIBÓ UNA NUEVA COMISIÓN Y DISPUSO QUE: QUIEN DEBA CUOTAS NO PUEDE RETIRAR MÁS LIBROS Y EN CASO DE NO SUSCRIBIRSE A UN PLAN DE PAGOS, DEBERÁ DARSE DE BAJA Y ESPERAR SEIS MESES PARA VOLVER A ASOCIARSE.


ESTO ES UN ABSURDO Y UN COMPLETO DESPROPÓSITO POR DONDE SE LO ANALICE. VEAMOS:

1) LA ASOCIACIÓN AMIGOS Y/O ORGANISMO QUE LO REEMPLACE, NO PUEDE DICTAR REGLAS NI POLÍTICAS CULTURALES. ELLO ES UNA ATRIBUCION EXCLUSIVA DEL MUNICIPIO DE GRAL. ALVARADO A TRAVÉS DE LA DIRECCIÓN DE CULTURA MUNICIPAL DEPENDIENTE DE LA SECRETARÍA GRAL. Y DE GOBIERNO. LA ASOCIACIÓN NI SIQUIERA PUEDE FIJAR EL HORARIO DE ATENCIÓN AL PÚBLICO...

2) PARA QUE LOS AMIGOS DE MIRAMAR LO ENTIENDAN: ES COMO SI LA COOPERADORA DEL HOSPITAL PRETENDIESE ARANCELAR LA ATENCIÓN POR SU CUENTA, DISPONIENDO QUE QUIEN NO PUEDA PAGAR NO RECIBA ATENCIÓN MÉDICA Y NO PUEDA INGRESAR AL HOSPITAL O A LOS CONSULTORIOS POR ¡SEIS MESES! O PRETENDA FIJAR EL HORARIO DE INGRESO O EGRESO DE ENFERMEROS Y MÉDICOS DE LA INSTITUCIÓN. UN ABSURDO QUE ES INCREÍBLE QUE ALGUIEN TENGA QUE SEÑALARLO

3) ¿PLAN DE PAGOS? ¿COLABORAR CON LA BIBLIOTECA GENERA UNA OBLIGACIÓN TRIBUTARIA? SI NO LO HACEMOS, ¿QUE SIGUE? ¿UNA DEMANDA JUDICIAL? ¿POR QUERER LEER? ADEMÁS ES ILEGAL. SOLAMENTE LA SECRETARÍA DE ECONOMÍA A TRAVÉS DE LA DIRECCIÓN DE RENTAS Y FISCALIZACIÓN TRIBUTARIA, TIENE ATRIBUCIONES (MEDIANTE DECRETO CORRESPONDIENTE CON APROBACIÓN DEL CONCEJO DELIBERANTE) PARA ESTABLECER PLANES DE PAGOS SIGUIENDO LA ORDENANZA FISCAL E IMPOSITIVA VIGENTE Y SÓLO A LOS EFECTOS DE ACCIONES PASIVAS DE SER AFECTADAS POR TASAS Y GRAVÁMENES. ¿SOBRE QUE BASE LEGAL UNA BIBLIOTECA DISPONE LA ELABORACIÓN DE UN PLAN DE PAGOS? ¿EN CALIDAD DE QUÉ? ¿DE LECTORES "ATRASADOS? ADEMÁS ¿CUMPLE LA BIBLIOTECA CON LAS DISPOSICIONES VIGENTES? A SABER: PARA CUALQUIER COBRO EXTERNO DEL MUNICIPIO EL SR. INTENDENTE DEBE DICTAR UN DECRETO A TALES EFECTOS Y EN DICHO DECRETO O EN OTRO APARTE, DESIGNAR A UN AGENTE RECAUDADOR, EL ÚNICO HABILITADO PARA COBRAR Y SIEMPRE MEDIANTE TALONARIOS OFICIALES NUMERADOS Y SELLADOS POR LA SECRETARÍA DE ECONOMÍA A TRAVÉS DE LA DIRECCIÓN DE RENTAS Y FISCALIZACIÓN TRIBUTARIA. ¿ESTO SE CUMPLE EN LA BIBLIOTECA?

4) LE PREGUNTO AL  SR. INTENDENTE  LIC. PATRICIO HOGAN: SI UNA DE LAS TANTAS FAMILIAS QUE HACE "CHANGAS" Y "MALABARES" PARA PONER UN PLATO DE COMIDA EN LA MESA QUIERE RECURRIR A LA BIBLIOTECA PARA QUE SUS HIJOS TENGAN LIBROS ESCOLARES Y HACER SUS TAREAS. ¿SE LES DIRÁ QUE NO, PORQUE NO PAGARON TODOS LOS MESES LA CUOTA O POR QUE NO TIENEN CINCO (5) PESOS Y UNA CERTIFICACIÓN DE DOMICILIO? (COMO SI FUERA UN CRÉDITO BANCARIO) ¿DEBERÁN SÍ O SÍ PERMANECER DENTRO DE LA BIBLIOTECA PARA HACER SUS TAREAS ESCOLARES SIN PODER REALIZARLAS EN SU CASA POR NO REUNIR LOS REQUISITOS NECESARIOS?

FINALMENTE;  TODA LA SITUACIÓN ES TAN ABSURDA QUE NO RESISTE EL MENOR ANÁLISIS. TENEMOS MENORES QUE SE ENCUENTRAN SUMIDOS EN LA IGNORANCIA, LA MARGINALIDAD Y LA CRIMINALIDAD. TENEMOS MENORES QUE MATAN POR NADA, NOS LLENAMOS LA BOCA HABLANDO DE POLÍTICAS AL RESPECTO Y ¿LES PONEMOS OBSTÁCULOS PARA LEER? ¿Y DESPUES LLENAMOS LA CIUDAD DE CARTELES PARA QUE LOS ADULTOS CONCURRAN A TERMINAR LOS ESTUDIOS PRIMARIOS Y SECUNDARIOS CUANDO POR OTRO LADO LES PONEMOS TRABAS ABSURDAS?


NO ME INTERESA EN ENTRAR EN EL BARRO DE LAS CHICANAS IDEOLÓGICAS NI PERMITIRÉ QUE UN TEMA PARA MÍ (Y CREO PARA TODOS) TAN IMPORTANTE, SEA REDUCIDO A UN "ACTO  DE CAMPAÑA POLÍTICA" NO ME INTERESA AGREDIR A LAS AUTORIDADES NI TRABAJO PARA NINGÚN GRUPO POLÍTICO. DEFIENDO UNA CREENCIA Y UNA ACTITUD DE VIDA RESPALDADA POR AÑOS DE TRAYECTORIA Y PREMIOS A NIVEL LOCAL, REGIONAL, NACIONAL E INTERNACIONAL.


SR. INTENDENTE LIC. PATRICIO HOGAN: ESTO LO PUEDE SOLUCIONAR CON UN SIMPLE LLAMADO TELEFÓNICO EN CINCO MINUTOS. GESTIONÓ OBRAS DE INFRAESTRUCTURA PÚBLICA Y ¿NO PUEDE SOLUCIONAR UN TEMA EN UNA BIBLIOTECA? SÉ QUE NO DEMANDARÁ GRAN ESFUERZO DE SU PARTE RESOLVER ESTO.


A LOS AMIGOS DE FACEBOOK QUE SE ENCUENTREN DE ACUERDO CON LO AQUÍ MANIFESTADO, RUEGO QUE HAGAN LLEGAR SU PREOCUPACIÓN POR ESCRITO : A LA MUNICIPALIDAD DE GRAL. ALVARADO, CALLE 28 Nº 1084 3º PISO CP 7067 MIRAMAR, BUENOS AIRES, ARGENTINA, O AL MAIL: gobierno@mga.gov.ar

NO ES UN TEMA MENOR. EL DERECHO A LEER, A APRENDER Y A ACCEDER A LA CULTURA ES UN DERECHO IRRENUNCIABLE QUE NO PUEDE SER PRIVATIZADO "DE HECHO".

A TODOS. GRACIAS. AL SR. INTENDENTE. LE REITERO, PUEDE RESOLVER ESTE ABSURDO FÁCILMENTE.

 

DANIEL BREGUA

 

 

Referência:

BREGUA, Daniel Anibal - EN MIRAMAR, PARA LEER TENÉS QUE HACER UN PLAN DE PAGOS.... [On-line]. Disponível no URL: http://www.facebook.com/note.php?note_id=175754262466395&id=1664964041. Consultado pela última vez em 23 de Janeiro de 2011.

 




publicado por Cristina Mouta às 04:10
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 3 de Janeiro de 2011

Feliz Ano Novo

Para si que aqui trouxeram as rotas da Internet, ficam os meus votos de um

 

 

 

Feliz Ano Novo!!!


 

Para celebrar, deixo-vos aqui um poema de Carlos Drummond de Andrade, dito por Lima Duarte. As imagens estão a precisar de "retocar a maquilhagem" e referem-se a 2009, mas vale a pena ouvir um poema extraordinário dito por quem sabe!

 

 

 

 

 

 

Receita de Ano Novo - Carlos Drummond Andrade

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)


Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumidas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.


Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

publicado por Cristina Mouta às 10:31
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 21 de Dezembro de 2010

Prenda "2 em 1"

 

 

Lá estamos nós outra vez nesta época que eu ADORO, mas que foi adulterada pelos "marketeiros" e os "vendilhões".

Ou seja, parece que "toda a gente que é gente" tem de andar aí feito doido a comprar prendas para todos, sem esquecer ninguém nem nada, nem mesmo a pulguita que vai nascer dentro de alguns dias e vai "arranjar" como moradia o animal de estimação lá de casa!

 

Eu também dou lembranças às pessoas que trago no coração. Mas quando posso dar prendas 2 em 1 ... fico mais feliz. Eu explico!

 

Comprei há uns dias um livro interessantíssimo, e que nem é nada caro. Conta-nos num total de 159 páginas (incluindo rosto, etc), muitas histórias (eu acho que nunca me renderei a essa coisa das estórias - a mim parece-se desculpa de quem não sabe distinguir o uso das maiúsculas, mas isso sou eu a resmungar, coisa que até nem faço pouco).

 

Foi o "Câmara de Reflexão: uma imagem, mil palavras", editado pela Plátano Editora, com coordenação do caríssimo José Carlos Ramalho, a quem nunca faltaram célulazinhas cinzentas, nem bom coração.

 

Se as matrioshkas se encaixassem umas a seguir às outras (e não dentro), este seria um perfeito Livro Matrioshka.

Ou uma cesta de cerejas na Primavera!

E sabe bem ler, e é bom descobrir a página seguinte. Emociona-nos, faz-nos rir, entristece-nos por vezes. Deixa de lado as "pinderiquices" de pseudo-intelectuais e vive por si só, sem muletas. Sim, também nos põe a pensar.

Para quem não se lembra que existem MESMO pessoas do lado de lá do pequeno écran é uma boa forma de as conhecer e pensar em como serão as suas vidas e as das suas famílias...

 

Para todos, que este Mundo é tão plural!!! Não, não é só o que nos "dão a comer" em noticiários que sabemos poderem ser manipulados por bastidores indizíveis.

É muito, muito mais. É GENTE; e gente é um multiverso que génio nenhum neste planeta pode dizer que sabe o que é, como vive e como reage.

 

Outra dimensão deste livrioshko(ou cerejivro) é a sua capacidade de ser um presente DUPLO.

Por isso, se ainda lhe falta comprar alguma prendinha de Natal, considere comprar este livro (mesmo para si, como prendinha extra).

 

É que os autores, conscientes do tanto que se passa atrás dos panos, OFERECEM OS DIREITOS DE AUTOR desta obra ao Centro Temporário de Acolhimento de Jovens em Risco Janela Aberta, da Cooperativa Pelo Sonho é que Vamos.

 

Para concluir estas breves palavras, devo dizer que muito me agradou que a edição seja em papel sem cloro, 100% reciclével e com tinta isenta de isenta de metais pesados.

 

 

RAMALHO, José Carlos, Coord. [et al.] - Câmara de Reflexão: uma imagem, mil palavras. 1ª ed. Lisboa: Plátano Editora, 2010. ISBN 978-972-770-798-0.

publicado por Cristina Mouta às 19:51
link do post | comentar | favorito
|

Exemplos de solidariedade

Felizmente que exemplos destes vão surgindo. Refiro-me a um livro editado em Fevereiro de 2010, como homenagem póstuma da comunidade a Álvaro Barciela, alfaiate autodidacta, que fazia poesia e pintava a óleo. Sempre teve vida dura de trabalho; à sua morte, não deixa a família em desafogada condição financeira. Assim, a Associação de Moradores da Lomba e a Junta de Freguesia do Bonfim (Porto) aliaram-se e levaram adiante o projecto de publicação dos seus poemas (guardados pela neta), ilustrados pelos seus trabalhos de pintura. Nasceu assim o livro "Pedras da Lomba", editado pela Mosaico da Palavra.

 

 

 

 

Para além de estar disponível através da editora, pode ser adquirido na Junta de Freguesia do Bonfim, onde se pode aquiri-lo a 8,00€ e os lucros revertem a favor da viúva. Não posso dizer que o Sr. Barciela fosse um génio da poesia. Mas a sua singeleza que soou em tertúlias de poetas, pode agora ajudar uma família.

 

 

 

 

 

 

 

BARCIELA, Álvaro - Pedras da Lomba. 1ª ed. Rio Tinto: Mosaico de Palavras, editora, 2010. Obra integralmente patrocinada pela Junta de Freguesia do Bonfim(Porto).

publicado por Cristina Mouta às 19:45
link do post | comentar | favorito
|

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Arquivos

.Links

......algumas ideias


Amnesty
International

.Sic transit gloria mundi

Locations of visitors to this page

.tags

. ambiente(2)

. amizade(3)

. amor(2)

. aprendizagem(3)

. autor(2)

. banda desenhada(2)

. biblioteca pública(2)

. bibliotecas(3)

. carlos drummond de andrade(2)

. censura(2)

. cultura(6)

. direitos de autor(4)

. direitos humanos(4)

. fernando pessoa(3)

. incentivo à leitura(4)

. leitura(3)

. liberdade de expressão(3)

. natal(4)

. poesia(4)

. solidariedade(3)

. todas as tags

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários